www.bloggerbipolar.blogspot.com

www.bloggerbipolar.blogspot.com

Um pouco sobre bipolaridade, transtornos de humor, depressão, ansiedade...
tudo, ou nada!

capsulascoloridas@gmail.com

diariodeumbipolar@hotmail.com

#depressão #ansiedade #tdah #bipoloaridade #pânico #distimia #melancholia
_____________________________________________

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Parei os remédios...

Apenas para constar...
Parei totalmente os remédios no mês de abril.
Passei uma semana com o sono totalmente louco, porém para a minha surpresa, após esse período o sono voltou ao normal depois de 3 anos.
Não conseguir entender, mas normalizou o sono e o apetite. 
As 22hs já me dava um sono bom. Dormia até as 6 ou 7hs e passava o dia bem.
Achei que os meus problemas eram os remédios, porém após cerca de 3 semanas lentamente fui voltando a dormir mais tarde até que a insônia voltou.
E voltou com tudo. Hoje só vou dormir as 8 ou 9 da manhã. Se tenho algum compromisso, as vezes fico sem dormir 24hs.
Não consigo mais produzir nada. 
As empresas fecharam. Restam agora só dívidas.
Não sei qual o meu objetivo de vida. Estou perdido profissionalmente.
As vezes tenho ideais de mudar o mundo... as vezes penso que vou ser inválido pro resto da vida.  Talvez isso que esteja tirando meu sono. Não sei..
Amanhã marquei mais uma psiquiatra, vamos ver qual o próximo esquema.
Estou pagando esta consulta mais por uma indicação de algum neurologista.
Vai ser minha próxima tentativa. Fazer o exame do sono e me consultar com um neurologista. Vamos ver no que da...
Abaixo listei todo meu histórico de medicamentos, para mostrar a médica amanhã.
Vou deixar aqui tudo junto caso eu precise usar novamente.

2013/1

.Dalmdorm 30mg + Neozine Gotas (6 gotas) Ao deitar;
. Cloridrato de Nortriptlina 50mg a tarde....



6 meses
. Dalmadorm (Flurazepam)
. Depakeine 500
. Clonazepan 4mg (2x2mg)

2012 / 2

. DEPAKOTE 500ER
. RISPERIDONA (RISS)

4 meses (2011/2)

. Venlaxin 150mg
. Tegretol 200mg
. Clonazepam 2mg

2011 / 2

3 meses

. Depakote 500er
. 1 Zoxipan
. Rivotril

2011 / 1

. Fluoxetina 20mg
. Frontal 0,5mg
. Stillnox 10mg

2010 / 2

. Lexapro10mg
. Carbolitium 450mg
. Lorax 2mg
. Imovatec7,5mg

2010 / 1

.Apraz,1mg
. Depakote 500
. Imovane 7,5
. Celebrim 20

.....

.Depakote,500
.Roxetin,20
. Depakote 500
. Rivotril 2mg
. Stillnox
 

29 comentários:

  1. Eu fui diagnosticado com transtorno bipolar. Tive duas crises, uma causada por insonia e cafeína e outras substancias ilicitas e mais uma por sibutramina, que me deixou muitissimo euforico e me internaram.

    A primeira foi no final da adolescência e a segunda com vinte e poucos anos.

    Tive reações de varios medicamentos, mas oq me causo menor problema foi o litio.

    Existem estudos que dizem que os medicamentos que agem no sistema quimico do celebro mais atrapalham doq ajudam.

    Uns três anos atrás, passei por uma fase de euforia. Saiu de casa com minha namorada, briguei com a minha familia e entrei em um estado de depressão leve. E foi potencializado por problemas financeiros.

    No momento critico, tive uma insonia constante. Fiquei 3 dias sem dormir. Ouvia o motor da geladeira ligar e desligar.

    Pensamentos rapidos, idéias mirabolantes e poucas horas depois, impotencia, desanimo, negativismo.

    Tentei o suicidio, mas nem nisso eu fui bem sucedido. Passei uma noite na mata fechada depois de tentar se afogar em uma lagoa.

    Passei a noite em meus pensamentos, momentos e lembranças e mudei de idéia.

    Estava na beira de uma rodovia e era facil entrar na frente de um caminhão

    Veio a vergonha e a culpa, mas eu tinha decidido seguir a vida.

    Passei em uma psiquiatra, mas não era grande coisa. Você acaba virando um especialista em avalia-los.

    Em decorrencia dessa aventura, acabei pegando leptospirose.

    Tive dores imensas no corpo e fiquei uma semana internado no hospital.

    Mas esse desafio e o tempo sozinho e ter quase perdido a vida não
    por vontade propria, me renovou. Renascimento.

    Eu já não tomava nada fazia anos e nem voltei a tomar.

    Voltei a trabalhar, um dia de cada vez. Me esforçando para que nada me afetasse.

    As vezes uns problemas financeiros e no trabalho, me fazem desanimar e uma sensação de desesperança aparece. Mas eu me falo "que opção eu tenho?". Só trabalhar e perserverar!

    Ces´t la vie!

    Eu me identifiquei com sua situação.

    Qualquer coisa, pode me mandar um e-mail

    welingtonleal "arroba" outlook.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que a gente tem que aprender a conviver com as nossas limitações e amenizar os estragos. Mas muito bom teu relato!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Não posso dizer que sei o que você passa, pois meus problemas que já foram grandes e desafiadores, hoje já não me assustam mais. Talvez nunca tenham sido tão grandes quanto os seus, embora eu também tenha minha doença mas trato-a de forma que não me prejudica tanto assim.

    De qualquer maneira, mesmo não podendo sentir a dimensão da sua dor e vazio, acompanho teu blog, teus desabafos, tua luta. Gosto sempre que vejo-o atualizado, ler tuas postagens é como ouvir teus suspiros cansados. Espero um dia sentir tua postagem como um suspiro de alívio.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado M.H.
      Você como sempre muito atencioso.
      Obrigado por tudo.

      Excluir
    2. Vi que tua última postagem foi em 2015, acabei de entrar no blog e já me ajudou horrores. Aguenta firme aí, tem outros que tao no mesmo barco. Não vou dizer que vai ser um mar de rosas um dia, mas acho que a gente não pode parar de tentar. Sempre que paro de tentar a primeira ideia que me vem na cabeça é a morte, dificilmente acho que isso resolveria alguma coisa.

      Durante meu tratamento suspendi a medicação por vontade própria várias vezes, não cai nessa! É a tua bipolaridade falando que tá tudo bem, tá tudo lindo, mas aí tu fica sem suporte e despenca de novo. Vivo uma briga todo dia entre não me emocionar demais com as coisas e tentar manter os pés no chão e não desistir de tudo. Essa nossa bioquímica não ajuda, mas vamos indo... Amenizando os estragos e tendo paciência com os nossos erros.

      Excluir
  4. Sempre fui uma mulher linda, aquela beleza por dentro e por fora, soridente, alegre, cheia de amigos, tive todos os namorados q eu quiz, era culta, sempre li muito temas variados tinha assinatura de revistas, uma vida otima um relacionamento bom em todos os aspectos e agora tudo acabou, estou gorda, passo o dia olhando minhas fotos de um ano atras e nao me reconheco, sempre fui vaidosa, bem vestida, agora tenho muitas roupas q nao me cabem , amigos, filosofos, sociologos, historiadores pessoas interessantes q nao se interessam mais por mim, me sinto so incopreendida, olho no espelho e a unica coisa da mulher q fui sao os olhos verdes q me encaram mas nao me reconhecem. Estou cansada, perdida, incompreendida, sozinha, vazia.

    ResponderExcluir
  5. Ei pessoal, veja só o vídeo depoimento sobre o uso do topiramato. Espero ajudar. Abraços http://youtu.be/lxSMREf1U3U

    ResponderExcluir
  6. Vendo tantos relatos, me sinto no caminho de um futuro não muito bom. Mesmas angústias... tentando me agarrar aos resquícios de esperança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não podemos pensar muito em futuro.
      Tente aceitar as sensações ruins ao invés de negá-las e pense que no outro dia você estará melhor. Vamos tentar melhorar o nosso presente,
      que tem esse nome não é por acaso! ;)

      Excluir
    2. Melhor dica que eu já recebi, pensar no futuro já nos deixa ansiosos. Agora vai ser assim, pensar no hoje, um dia de cada vez!

      Excluir
    3. A gente tem que aprender a conviver com as nossas limitações, aguentar a dor e aflição e tentar deixar ela para trás e trabalhar no presente! Pelo menos foi o que funcionou p mim

      Excluir
    4. Fui diagnosticada com transtorno Bipolar tem pouco mais de 1 mês, depois de ter passado 3 dias com 3 noites sem dormir, eu tive uma crise de mania super preocupante, os 10 primeiros dias de diagnóstico foram barra pesada pra mim e para minha família (marido, filha de 17 anos e filho de 10), mas passados esses dias, e eu sempre seguindo à risca o tratamento a base de Lítio e quetiapina, meus dias tem sido mais "normais" tenho me esforçado, procuro manter minha mente focada em quem sempre fui, não falto as sessões com a psicóloga por nada, nem deixo a medicação por nada.
      Essa sou eu em 40 dias de diagnóstico, não sei como estarei amanhã, mas como o futuro a Deus pertence, tratemos de viver o nosso HOJE!
      Primeira vez no Blog e gostei muito!
      Espero ter contribuído de alguma forma!

      Excluir
    5. Fui diagnosticada com transtorno Bipolar tem pouco mais de 1 mês, depois de ter passado 3 dias com 3 noites sem dormir, eu tive uma crise de mania super preocupante, os 10 primeiros dias de diagnóstico foram barra pesada pra mim e para minha família (marido, filha de 17 anos e filho de 10), mas passados esses dias, e eu sempre seguindo à risca o tratamento a base de Lítio e quetiapina, meus dias tem sido mais "normais" tenho me esforçado, procuro manter minha mente focada em quem sempre fui, não falto as sessões com a psicóloga por nada, nem deixo a medicação por nada.
      Essa sou eu em 40 dias de diagnóstico, não sei como estarei amanhã, mas como o futuro a Deus pertence, tratemos de viver o nosso HOJE!
      Primeira vez no Blog e gostei muito!
      Espero ter contribuído de alguma forma!

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Curiosidade: o que a médica falou? voltou a tomar algum remédio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sra. Transtornada (confesso que gostei desse nome);
      já fiz outro post contando como foi lá. E esses dias posto mais.
      Espero de coração que esteja menos transtornada.

      Excluir
  9. Atendimento Psicológico Online Gratuito!
    www.clinicadepsicologiaonline.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Manoel,
      Isto deve ajudar muita gente.
      Obrigado mesmo!

      Excluir
    2. Olá, sempre leio sua página, fico horas lendo o relato das pessoas, não encontro ninguém dizendo que conseguil deixar os remédios. Meu marido foi diagnosticado com transtorno bipolar, mas pela história de muitos, de quase todos, vejo que ele não tem nada de bipolar, sempre foi tão bonzinho, apenas era muito apressado, inteligente, eu achava mais parecido com hiperatividade. Não suporto vê-lo tomando remédios, sei que vão destruir a saúde dele. Começou com 100 mg de Quetiapina, mas eu pedi são médico pra diminuir pq ele estava dormindo demais, então ficou nas 50mg. Mas depois de um tempo eu quebrei os comprimidos ao meio por conta própria e agora ele toma só 25mg. O médico nem sabe, mas ele dorme bem e não tem nenhuma alteração. Dr dia ele toma Depakote 500mg, fiz a mesma coisa, quebrei no meio e ele toma só 250mg. A minha angustia é que os psiquiatras não tem interesse em tirar a medicação dele aos poucos, já a psicologa fiz que ele consegue viver sem essas drogas. Queria saber se alguém já conseguiu se libertar! Seria uma motivação pra ele. Sorte a todos!!!

      Excluir
  10. Respostas
    1. Olá Stella, td bem?
      Fiz um novo post.
      Esses dias vem mais novidades da minha novela...rsssss
      Obrigado por perguntar.

      Excluir
  11. Deus ama você! E Deus quer te alcançar no meio de toda a bagunça.
    Ele quer ser o teu socorro. Deus sonhou uma vida linda para você.
    Deus te conhece pelo teu nome. Ele consegue olhar no meio da multidão e te enxergar entre os homens. Pois ELE quer te fortalecer e te carregar no colo pelos lugares nde tu não consegue caminhar.

    Procure uma Igreja evangélica SÉRIA, onde Jesus não seja vendido por dinheiro. Deus ta estedendo a mão para alccançar a tua e não o teu envelope cm dinheiro.
    "Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam" Salmos 23:4
    yhwhtsdikenu@gmail.com

    ResponderExcluir
  12. Meus dias sao instaveis,nao sei o que esperar de mim no proximo instante.parece que meu cerebro tem vontade propria e por vezes nao a minha...hoje tanta energia e planos para a semana acamada e desesperada..sinto que estou sozinha e incompreendida ate por mim mesma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me senti nesse vazio, as horas passavam e eu nem via, cheguei a dormir 14/16 horas por dia. Passa! Tu tem que se esforçar muito, tem que partir de ti, mas se tu brigar bastante tu consegue sair desse buraco. Vai tentando se conhecer melhor.. O que que causa a tua euforia? A próxima vez que tu começar a ti emocionar demais tenta se lembrar que não é bem assim, em vez de um plano mirabolante (era l que eu fazia) tenta levar um dia de cada vez. Para mim o mais difícil sempre foi quando eu estava deprimida, poxa parecia que eu tava bem e eu levava uma rasteira do nada, nem eu sabia da onde vinha, não conseguia sair da cama... Esses dias foram os mais difíceis e confesso que foi um mix de terapia, família e meu cachorro que me ajudou a sair da fossa. Eu encontrei um esporte, exercício mudou minha vida, eu tinha motivo p acordar de manhã. A partir daí fui me organizando e minha vontade de fazer coisas veio vindo, essa é a hora que tem que cuidar! Em vez de sentir uma vontade louca e achar que tu pode abrir um negócio que vai dar muito certo e tu vai ficar rica, tenta fazer uma coisas mais simples, só um emprego normal, ou voltar a estudar...

      Eu não to 100% e acho que nunca vou estar. Todo dia é uma briga, mas eu busco pensar nas coisas que eu amo e me lembro que vale a pena brigar. Agora mesmo estou passando por um momento difícil, foi por isso que achei o site. To prestes a largar minha quarta faculdade.. Vou me sentir um lixo se isso acontecer. Mas eu sei que de três dias ruins, um vai ter que ser bom, nem que seja por uma coisinha pequena, como um carinho no meu cachorro, e são essas coisinhas que valem os três dias/ três semanas/ três meses mal.

      Excluir
  13. Olá. Pode me falar sua experiência com Carbolitium? Obrigada

    ResponderExcluir
  14. Olá. Pode me falar sua experiência com Carbolitium? Obrigada

    ResponderExcluir