www.bloggerbipolar.blogspot.com

Aviso: EU NÃO SOU BIPOLAR...MAS MEU PAI É.


www.bloggerbipolar.blogspot.com

Um pouco sobre bipolaridade, transtornos de humor, depressão, ansiedade...
tudo, ou nada!

diariodeumbipolar@hotmail.com

#depressão #ansiedade #tdah #bipoloaridade #pânico #distimia #melancholia
_____________________________________________

quarta-feira, 23 de março de 2016

Mirtazapina: Estava virando um zumbi, gordo e careca.

Escrevo com o atraso de quem ficou de saco cheio de mergulhar em tantos medicamentos. Sei que o tratamento é necessário, sei que temos que ter persistência, sei de tudo enfim como relatado neste blog.

Mas voilà...vamos às novidades...

O esquema descrito aqui em março de 2014 não durou muito tempo. A frieza da psiquiatra depois de um tempo revelou-se como um olhar crítico e analítico sobre os sintomas relatados. 


Enfim, após algumas outras mudanças fui estabilizar o tratamento tomando Mirtazapina - nome comercial Menelat e Razapina.

Associados ao Rivotril me dava uma estabilidade e inércia satisfatórios. Mantive o Stillram ao deitar e assim caminhei por mais alguns 9 meses.


Efeitos da Mirtazapina:  
. Inércia dos pensamentos;
. Estabilidade / Nulidade das emoções;
. Aumenta muito o apetite;
. Queda de cabelo.

Preciso falar mais alguma coisa pra dizer que resolvi parar tudo novamente?
Estava virando um zumbi, gordo e careca.

Talvez para alguém em surto ou crise isso tudo funcione de forma positiva. Mas não era o meu caso, por isso que resolvi suspender. No início de 2015, após cerca de um mês sem o Menelat (Mirtazapina) a médica foi enfática em uma dada sessão sobre a questão de fazer alguma atividade física. Ela sempre tocava nesse assunto desde os primeiros encontros, mas vocês sabem, excesso de pensamentos não combina com a prática regular de exercícios físicos. 
"Quem pensa não casa" dizia o ditado popular...
Mas ela abordou o assunto de forma mais firme e soltou a frase: A atividade física também faz parte do tratamento... - É PRESCRIÇÃO MÉDICA, disse ela em um tom imperativo.

Não sei exatamente se por raiva, falta de opção, revolta ou inconformismo eu sai do consultório direto para um shopping e comprei um tênis de corrida e no outro dia estava matriculado em uma academia. Dias atrás tinha visto uma entrevista do Drauzio Varela contando sua experiência como maratonista. Ele falava que o ser humano é preguiçoso por natureza e que se você for esperar ânimo ou vontade de fazer exercícios você nunca vai fazer nada. Ele disse que para superar isto ele encara os treinos como disciplina militar, ou seja, não pode pensar se vai fazer ou não. Simplesmente vá e faça, isto é obrigação e disciplina. Palavrinhas que por sinal os bipolares simplesmente odeiam. Procrastinação é a palavra de ordem dos deprimidos. 

Não me perguntem como, mas consegui para de pensar por uns dias e levei a Disciplina Militar a sério, e como prescrição médica conseguia me arrastar até a academia e treinar 40min 2 a 3 vezes por semana. Foi nessa época que conheci uma garota que me deu, entre muitas coisas que vou relatar em outros posts, uma caixa de Melatonina. Lembrei agora que esse post era pra ter falado sobre a Melatonina né? Nossa...tarde demais. Prometo que o próximo post vai ser sobre isto:

Como a Melatonina, exercícios físicos e um novo amor podem transformar a vida de uma pessoa... até breve!!!

20 comentários:

  1. Boa sorte amigo. Sei o que é lutar pela saúde!
    Que bom que encontrou um amor!

    ResponderExcluir
  2. Oi amigo...tudo bem?

    Como esta sua situação agora? Tb fui diagnosticado como bipolar depois de muitodms anos de tratamentos e diagnósticos errados...lendo seus post sei bem o que vc passou e posso lhe dizer que o que esta lhe faltando eh um bom médico. Por incrível que pareça. ..Só tive o meu diagnóstico certo e tratamento preciso com um médico de posto de saúde pública. ..depois de ter passado por vários psiquiatras "renomados".

    Enfim. ..vi que vc não escreve mais no blog deste março. ..e nem sei se um dia vai ler esse comentário. ..mas se ainda precisar de orientação. ...entre em contato comigo ...quem sabe posso te ajudar

    panizza2006@hotmail.com

    Abraços e melhoras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi oi o seu relato e vc tem toda razão, por muito tempo me tratei com psiquiatras particulares e não tive melhoras, foi começar o tratamento no Caps(público) que melhorei.

      Excluir
  3. Oi amigo...tudo bem?

    Como esta sua situação agora? Tb fui diagnosticado como bipolar depois de muitodms anos de tratamentos e diagnósticos errados...lendo seus post sei bem o que vc passou e posso lhe dizer que o que esta lhe faltando eh um bom médico. Por incrível que pareça. ..Só tive o meu diagnóstico certo e tratamento preciso com um médico de posto de saúde pública. ..depois de ter passado por vários psiquiatras "renomados".

    Enfim. ..vi que vc não escreve mais no blog deste março. ..e nem sei se um dia vai ler esse comentário. ..mas se ainda precisar de orientação. ...entre em contato comigo ...quem sabe posso te ajudar

    panizza2006@hotmail.com

    Abraços e melhoras

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Cara eu acabei de conhecer seu blog e ja me ajudou demais! Mesmo sofrendo com essa doença desgraçada a vários anos nunca procurei saber como outras pessoas reagiam à mesma. Muito obrigado por dividir suas experiências

    ResponderExcluir
  7. Cara eu acabei de conhecer seu blog e ja me ajudou demais! Mesmo sofrendo com essa doença desgraçada a vários anos nunca procurei saber como outras pessoas reagiam à mesma. Muito obrigado por dividir suas experiências

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sou o dono do blog, mais justamente para mim é uma das intenções, se enxergar no outro, sabendo das dificuldades e pelo menos lendo o comentario do outro se ajudar e ser ajudado.

      Excluir
  8. Fui diagnosticado já uns 3 anos, depois de 13 anos em tratamento, já estou em tratamento 16 anos, hoje estou tomando escitalopram de 20 mg+ valdoxan de 50mg+ Queropax comecei com 100 mg mais ficava dopado todo o dia, meu médico abaixou para 50 mg continuei dopado, então agora estou com 25 mg e está medicação me fez dormir bem melhor, pois desacelera a cabeça e nos faz relaxar bem,tomo também clonazepam de 2 mg. Parei com o lamitor de 100 mg+ alprazolam de 0,5 mg e o zolpidem de 10ng. Só qye o valdoxan é um medicamento muito caro, não sei como vamos resolver isso, estou tomando ele já faz um mês,i meu médico conseguiu amostra grátis, só que minha bipolaridade tenho mais depressão do que mania, não vivo é muito brabo, só não desisti porque a minha família me dá muita força, meus filhos e minha esposa, espero manter contato com vocês

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos aqui, sabemos que a bipolaridade acaba nos afastando de muitas coisas talvez o autor do blog esteja ausente por isso ou até mesmo trabalho e demais coisas, mais podemos manter contato por aqui ou meu email é este: gerawellington@hotmail.com

      Excluir
  9. Só quem tem essa doença, sabe do sofrimento que ela causa, e como se tem preconceito contra a depressão e a bipolaridade, é muita dor na alma, síndrome de culpa, muito brabo mesmo

    ResponderExcluir
  10. Amigo não deixe de escrever tb sou bipolar e decidi fazer um canal no youtube e estou postando uns videos das minhas experiencias, comecei recentemente e a gente te q se fortalecer quando estamos "bem" e não permitir principalmente que esta maldita doença a depressão venha nos derrotar. O nome do Canal é Vivendo como Bipolar.

    ResponderExcluir
  11. Bom dia meus ''amigos'' estou começando com o tratamento para bipolaridade ha 2 semanas...

    Descobri que sofria deste problema por merito de uma ex namorada.

    Estou utilizando DEPACOTE 500MG, senti melhoras na parte de anciedade e na parte digamos assim ''depressiva'' da doença, porem na parte afetiva, nada, eu sou muito frio em relação a relacionamentos

    Espero que melhore

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Paulo Góes, no meu caso eu já havia percebido as oscilações de humor. Quanto relacionamento vejo nas minhas leituras que existe um apego ao outro muito grande. Porém igual a vc, durante toda minha juventude nunca fui de me apegar, simplesmente eu "enjoava" da pessoa do nada e nunca durava mais que sei la 3 meses. Teve um período que estava paquerando 5 meninas ao mesmo tempo (na verdade duas eram namoradas as outras ficantes). Agora tb pelo que vi quando a pessoa tem muito apego já é uma caracteristica do Borderline. Entendo tb q a gente se torna frio devido a depressão. Porém esse já algo especifico meu, sou casado a quase 17 anos e minha esposa participou ativamente desse processo todo, principalmente na depressão, então eu tenho um elo muito forte com ela, em 2015 nos separamos por dois meses e foi algo terrível para mim. Se eu puder de servir de ajuda vc pode acessar o meu canal no youtube: Vivendo como Bipolar, onde conto um pouco da minha história e sobre bipolaridade, pois pra mim o melhor é compartilhar e se ajudar.

      Excluir
  12. Olá pessoal, também sofro dessa patologia pensei em criar um grupo no zap para podermos compartilhar experiências. Já que essa doença infelizmente se tornou tão banalizada na sociedade, mas só quem realmente têm sabe oq passa.

    ResponderExcluir
  13. Olá! Você sumiu, faz falta. Volta!

    ResponderExcluir
  14. Olá seus relatos tem nos ajudado bastante a compreender esse mundo do distúrbio. Espero que esteja bem, meu obrigada a você!

    ResponderExcluir
  15. Olá, fui algumas vezes no psiquiatra , e tive alguns diagnósticos errados, mas o último foi de eu ser um bipolar, e o médico prescreveu a quetiapina como tratamento, e enfim tô até q gostando, caso vc n conhece aí vai uma dica de remédio, caso n esteja gostando dos atuais remédios que usa.

    ResponderExcluir