www.bloggerbipolar.blogspot.com

Aviso: EU NÃO SOU BIPOLAR...MAS MEU PAI É.


www.bloggerbipolar.blogspot.com

Um pouco sobre bipolaridade, transtornos de humor, depressão, ansiedade...
tudo, ou nada!

diariodeumbipolar@hotmail.com

#depressão #ansiedade #tdah #bipoloaridade #pânico #distimia #melancholia
_____________________________________________

sábado, 2 de fevereiro de 2013

"O amor é a fonte da juventude". Deve ser por isso que me sinto um velho... Meu coração secou, acho que não posso mais amar...

11 comentários:

  1. Oi amigo bipolar (não sei o seu nome)
    Que frase de impacto! As vezes é assim que nos sentimos, mas depois passa, essa é a nossa vida bipolar! Já estou te seguindo.
    Bjos. Fique com Deus!
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho depressao recorrente já fazem muitos anos, e tomo welbutrin, lamitor, sertralina, e quetiapina ...
      Mas de umas semanas para cá ando tendo crises muito fortes... Me cortei e resolvi ir ao psiquiatra, quando fui diagnosticada bipolar.
      Meio assustada ainda... Com raiva de não ter percebido antes, tendo em vista estudar tanto sobre transtornos...
      Se alguém tiver um grupo sobre transtorno bipolar depressivo, me add- 62-98-259781

      Excluir
  2. queria saber se tu já tomou oxcabazepina, risperidona e fluxetina juntos pq eu to tomando e queria saber o efeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo pouco que sei esse é um esquema complexo. Oxabazepina é para o sistema motor, tem ação de equilibrar os estímulos nervosos no nosso corpo. Risperidona eu já tomei, é um anti-psicótico forte, deixa muitos efeitos colaterais. Só deve ser receitado para pacientes em surtos e crises muito graves, como fases esquizofrênicas, manias de perseguição e idéias fixas muito intensas. Não foi o meu caso. Fluoxetina é um inibidor na recaptação da serotonina, que regula nosso humor. Sereve para amenizar a depressão, pensamentos negativos e a melancolia. Pra mim não deu certo, pois sou mto agitado e não tenho esses momentos melancólicos. Você precisa saber quais as suas disfunções. Se é a questão do humor e depressão, se é a questão da ansiedade e dificuldade de sono, ou se realmente tem fases ciclotimicas de forte euforia seguidas de depressão profunda, comportamentos típicos dos bipolares. Neste caso existem drogas mais eficientes, como a olanzapina, litio, estabilizadores de humor como o Depakote, etc. A verdade é que esses esquemas todos são testes, os médicos vão passando até tentar achar algum que se encaixe nos seus sintomas. A comunicação dos efeitos de cada esquema é muito importante nessas horas para o seu médico. Boa Sorte.

      Excluir
  3. Entendo como se sente. Fui dignosticada com transtorno borderline e tem muita coisa a ver com bipolaridade. A sensação de vazio no peito, a angustia... Só sabe quem sofre de algum desses males.

    Cuide-se

    http://borderline-girl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Bom então..Por experiência própria sei que fisiologicamente falando é muito difícil lhe dar com a bipolaridade ou outros distúrbios, poderia aqui postar um livro do que aconteceu ou deixou de acontecer..médicos, medicamentos, excessos, solidão entre outros.. porém tudo envolve equilíbrio químico neuronal..(sou espírita e manifesto apenas no momento enquanto corpo físico ok) mas o grande erro não está nisto e sim em vc deixar a doença te vencer e te convencer que tudo que faças e penses está relacionado a ela. O coração não seca por ser bipolar e sim por se dar por vencido. abs

    ResponderExcluir
  5. Oi amigo. Conheci seu blog hoje e to lendo muita coisa. Legal saber que não fui o único e nem o último a sofrer na mão de psiquiatras (não é maldade... dá um alivio saber que não sofro sozinho).

    Tô com 22 anos... Desde os 16 com esses problemas que ninguém sabe diagnosticar. Tinha acabado de fazer 15 quando me bateram na escola e comecei a ficar deprimido e com dificuldade pra dormir. 2005 tinha sido um ano intenso demais pra mim, a oitava série tava sendo puxada e eu tinha feito uma viagem q me abririam muitos horizontes se nao tivesse "caído". Daí me bateram e ameaçaram de morte. Aguentei por 1 ano na mesma escola, nem sei como fiz o primeiro colegial e ainda uma escola de musica. Mas ja tava nessa de ficar sem dormir à noite, passando de médico em médico, psicologo só ate entao. Daí em fev/2007 um irmão da minha mãe me deu uma surra sem eu saber o pq... e mais ameaça de morte. Daí eu travei. Travei totalmente. Não saio quase de casa desde então, nem sei como por um tempo terminei o segundo e o terceiro ano no supletivo. Devia ser pq tava namorando. Depois de OUTRA ameaça de morte do MESMO TIO travei de novo, e aí nao teve mais jeito. 3 anos sem fazer nada de útil, vendo o tempo passar e eu meio que acorrentado.

    Já tomei tudo que é remédio que vc possa imaginar, ja tentei fazer curso de mta coisa, ja tentei sair de casa á toa e nao adianta... assim que me acontece alguma situação parecida com essas que aconteceram, eu travo de novo e volta tudo pro mesmo lugar.

    O maior ódio é ver esse fdp do meu tio e outras pessoas que me agredindo se dando bem na vida e eu aqui afundado com 22 anos... sem dormir, com pesadelos dessas situações, sem querer comer... Aliás... o não querer dormir, desde 2005, é justamente pra nao ter os pesadelos lembrando das agressões. Nosso inconsciente sabe mto bem que cada pesadelo é como se tivesse vivendo de novo aquilo.

    Enfim, desculpa o desabafo. Sabe o que me ajudou bastante? Que me deu bastante força e vontade pra sair de casa? fazer ANALISE. Por mais que o profissional seja um psicólogo, se for um da linha da PSICANÁLISE é bem diferente. Psicologo normal só enrola a gente, analista faz a gente ver de verdade o que ta incomodando.

    Vi que mudei bastante em 1 ano de analise, o ruim é que sempre que surgem os medos eu travo... Não sei em que parte do país voce está, mas se quiser te indico minha analista por e-mail.

    ah... e sobre os remédios... parei com todos eles e me sinto igual, na verdade bem melhor. Os medos voltam? Alguns. Tendo força interior pra ver que são só medos, que nada disso ta acontecendo agora, a gente consegue vencer um pouquinho a cada dia. Ansiedade é um saco? Sim, é. Tento fazer algo com ela ou aceito ela aqui. Sei la. Grito, xingo, me masturbo, como, caminho, durmo...

    Mas dá pra aguentar sem remedio, sem essas porcarias que só nos matam dia a dia, se tiver algo pra se ocupar. Nem que seja ouvir musica e ver televisão.

    Minha vontade era ter uma varinha mágica e ajudar todo mundo que ta sofrendo com isso... Que ta sofrendo com remédio errado, com tristeza, com angustia... Ajudar de algum jeito, nem que seja com um sorriso.

    Um beijo no coração, amigo.

    I.A.

    ResponderExcluir
  6. oi, Fiz um blog sobre bipolaridade, espero ajudar algm http://umafarmaceuticabipolar.blogspot.com.br/
    leiam e comentem obrigada,

    ResponderExcluir
  7. Ja pensou em amar um bipolar como vc? Alguem que entenda suas dores, angustias, loucuras? Tenho pensado muito sobre isso, encontrar alguem semelhante... alguem que entenda, divida... vc ja pensou nisso?

    ResponderExcluir
  8. Podemos trocar ideias, quem sabe sermos amigos? Nao conheco ninguem como eu que talves possa me entender: anakarenina@gmail.com

    ResponderExcluir